Carregando
Recife Ao Vivo

CBN Recife

00:00
00:00
Notícias

Deputada Delegada Gleide Ângelo consegue abertura de novo concurso para policial penal

Por: REDAÇÃO PORTAL
 Parlamentar batalhava pela categoria, que sofre com carência no efetivo estadual
24/11/2021
    Compartilhe:

Mais uma conquista pela segurança pública marca o trabalho da Deputada Delegada Gleide Ângelo (PSB) no Legislativo pernambucano: está previsto para até o final do ano, a publicação do edital de abertura para concurso público da Polícia Penal. Ainda no mês de fevereiro, a deputada  havia apresentado a indicação N. 4980/21 junto ao governador Paulo Câmara e ao secretário estadual de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, apontando a urgência na abertura de novas vagas para o complemento do quadro de policiais penais de Pernambuco. 

Após nove meses de reuniões e articulações, o Estado divulgou que a organização da seleção ficará a cargo do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (CEBRASPE). Serão oferecidas 200 vagas para preenchimento imediato e mais 800 para cadastro de reserva, todas com exigência de nível superior. “Os policiais penais garantem não só o cumprimento das leis, mas também desenvolvem a ressocialização dos detentos e garantem a reintegração deles na sociedade, ou seja, são profissionais que têm importante papel na construção da segurança social”, comenta. 

De acordo com o Sindicato dos Policiais Penais do Estado, o quadro da categoria é composto por 1.598 profissionais (antigos agentes penitenciários), insuficiente para uma realidade composta por 72 unidades prisionais, entre cadeias públicas, presídios e penitenciárias, que detém uma população carcerária superior a 33 mil pessoas. Ainda segundo o sindicato da categoria, o déficit é superior a 2.000 vagas para a execução eficiente do serviço. 

SEGURANÇA – A segurança pública é um compromisso da Delegada Gleide Ângelo com a população pernambucana. Ainda este ano, ela conseguiu a nomeação de todos os 2.000 concursados aprovados nos concursos das Polícias Militar, Civil e Científica e do Corpo de Bombeiros Militares. Será um incremento no quadro de delegados da Polícia Civil, peritos papiloscopistas, auxiliares de perito, oficiais e soldados do Corpo de Bombeiros e oficiais da Polícia Militar. Além disso, já está em tramitação na Casa Legislativa, o projeto de lei que assegura a criação de novas Delegacias de Polícia de Proteção às Mulheres, que serão instaladas em Olinda, Palmares e Arcoverde - além da implantação da unidade em Salgueiro, criada por lei desde 2008. 

Notícias Relacionadas

Comente com o Facebook